Os maiores problemas do Comprasnet e as melhorias possíveis.

Tempo de leitura: 3 minutos

Os maiores problemas do Comprasnet e as melhorias possíveis: O sistema já se aperfeiçoou bastante , mas ainda tem muito a se adaptar.

Problemas do Comprasnet e as melhorias possíveis.

É importante que Pregoeiros tenham uma visão macro da situação onde a partir da compreensão dos problemas com os quais você lida, diante do sistemas de compras disponibilizado, você possa, numa possível situação de pedido de esclarecimento e justificativa sobre um procedimento que você tenha adotado, ter condições de esclarecer as variáveis e limitações sistêmicas que impacta suas ações.

Embora o comprasnet já tenha se aperfeiçoado o bastante , ele ainda tem muito a se adaptar aos procedimentos e legislações atuais.

Diante do exposto, existem alguns problemas como:

Foco no preço

O foco principal é o preço.

Nesse sentido, pode-se afirmar que ele contraria o principio da proposta mais vantajosa, que preconiza o principio da economicidade que nada mais é do que a relação custo x benefício.

À medida em que ele estabelece que você vai julgar e aceitar o menor preço, sem considerar outros critérios – inclusive sem limitar a ânsia do mercado em contratar com você, há inexequibilidade.

A inexequibilidade tornou-se algo muito subjetivo para você definir, de maneira que não há, de forma objetiva, mensurável, meios para travar sistemicamente aquele fornecedor que irresponsavelmente for abaixando seu preço.

O foco em preço é tamanho que não se pensou em mecanismos para disciplinar o mercado que fornece para a administração pública.

Problemas do Comprasnet e as melhorias possíveis.

Não há critério de avaliação da qualidade dos produtos contratados.

O sistema abre fase de lance, os lances são dados, mas não ha como avaliar a qualidade dos produtos ofertados, ou indicadores de desempenhos, que hoje são bastante comuns, entre outras questões definidas no seu termo de referência que poderia ser inserido no sistema se houvesse mecanismos de conjugar preços e requisitos de qualidade atribuídos na fase preliminar.

Não tem mecanismos para afastar péssimos fornecedores

Poderia haver no sistema avaliação do fornecedor, como todos os grandes e-commercers e plataformas B2B possuem, a exemplo também do mercado livrem ebay, aliexpress.

O ideal era que a fase se prolongasse no gerenciamento da compra realizada, incluindo indicadores para a qualidade desse fornecedor e problemas ocorridos na contratação.

Diferente do comprador pessoa física, o comprasnet não protege a Administração publica de péssimos fornecedores.

Não atende o artigo 15, Inc. 3 da lei 8666/93:

O referido artigo diz o seguinte:

“Submeter-se as condições de aquisição semelhante ás do setor privado”.
Ou seja, no setor privado é possível avaliar o fornecedor após sua aquisição,e servirá de referência para futuros compradores.

É importante debatermos essas questões e compartilharmos essas ideias até que os Gestores do Portal comprasnet possa enxergar esses pontos passíveis de melhorias, de forma mais gerencial e menos positivista.

É uma fantasia acharmos que vai estar em condições de abrir processos de penalidade a cada fornecedor que não honrar a proposta, ou que desistir, não honrar a ata de registro de preços.

Se esse for o procedimento, o Pregoeiro deixa de ser comprador para ser um tipo de investigador, um delegado, terá que abrir inquérito que são os processos de penalidade.

Nesses processos apura-se e responsabiliza através do contraditório da ampla defesa.

Logo, você perde o foco de boas aquisições que atenda ao interesse público para passar a identificar e punir empresas que descumprem, quando isso poderia ser evitado de maneira pragmática, preventiva e resolutiva.

Esse conteúdo foi útil pra você? compartilhe.

Até logo !

Os 40 passos de uma licitação eficiente de aquisições.

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber grátis esse ebook !>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *